O que é ser um orador?

 

Hoje quero conversar com você sobre a diferença entre saber falar em público e ser um orador. Ela existe e é importante entender o que faz um orador se destacar de qualquer outra pessoa que esteja diante de uma plateia.

A proposta de nosso curso de oratória é desenvolver o potencial humano que há em cada pessoa. Quando entramos no assunto da oratória, podemos pensar que adquirir as técnicas formais basta, porém precisamos ir muito além.

Trago a certeza de que o orador é um símbolo. Um símbolo de uma evolução que cada ouvinte busca alcançar. Essa percepção muda a postura interna do orador. Na prática, garante que quando estivermos no palco, falando para as pessoas, devemos despertar o melhor de quem nos assiste.

O orador, portanto, não é apenas aquele que sabe todas as técnicas. Ele consegue ver seres humanos e falar para eles. O verdadeiro orador fala para o lado humano das pessoas. Não importa o assunto, o orador sempre leva em consideração, em primeiro lugar, que há um ser humano presente e, insiste, até assegurar que sua mensagem chegue corretamente ao destinatário.

Finalizo o artigo deste mês pedindo que você, ao realizar sua próxima apresentação, lembre-se de que seres humanos estarão o assistindo pois querem evoluir com você, aprender algo novo e positivo para suas vidas.

Até o próximo mês!


julioTexto escrito pelo instrutor Júlio Domingos do curso Oratória e a Arte de Convencer de Florianópolis.

JÚLIO DOMINGOS é graduado em Administração com vistas à Consultoria Empresarial. Atualmente se dedica ao estudo da gestão da aplicação de planejamentos estratégicos e ao ensino da oratória.

Deixe uma resposta