Como usar a caneta marca texto de forma eficiente

 

Estude e memorize com estas simples dicas, que farão toda a diferença na organização de textos e conteúdos densos.

A caneta marca texto é companheira fiel de estudantes e concurseiros. De fato, o objeto potencializa as revisões e colabora no processo de memorização, facilitando o rápido aprendizado de novos assuntos.

No entanto, o que tem grande potencial pode ter efeito contrário quando utilizado de forma equivocada. E o efeito contrário nesse caso é muito claro: textos coloridos em exagero e quase nenhuma informação realmente assimilada.

Você já se perguntou o motivo de destacar certas frases em um texto? Reside nessa simples pergunta a base para um estudo de qualidade.

Confira algumas dicas que separamos para um melhor uso da caneta marca texto:

 

1) Pense primeiro antes de destacar

Um dos principais erros ao utilizar a caneta marca texto é não pensar sobre a importância do que está sendo destacado.

Ao selecionar o que será grifado sempre leve em conta o objetivo dos seus estudos, ou seja, o motivo pelo qual você está lendo o texto.

Muitas vezes o estudante marca frases ou parágrafos inteiros apenas por curiosidade, deixando o conteúdo poluído e dificultando as revisões.

Antes de utilizar a caneta, faça as seguintes perguntas: Por que essa frase é importante para os meus objetivos? Qual a aplicabilidade disso na minha vida? Consigo explicar com facilidade essa frase em outras palavras? Como farei para memorizar esta informação? A última pergunta nos levará à próxima dica.

2) Destaque aquilo que deverá ser memorizado

Por que você destaca as partes importantes de um texto? Para revisar posteriormente, certo?

Para memorizar um conteúdo e assimilar de fato as informações relevantes, a revisão é uma etapa importante. Não basta ler uma vez e depois abandonar o conteúdo.

Para aprender de verdade é preciso revisitar inúmeras vezes, inicialmente fazendo uma leitura geral e depois leituras mais detalhadas. A utilização de técnicas de estudo, como Mapas Mentais e associações de imagens, é extremamente eficiente nesses casos.

É assim que a caneta marca texto encontra sua maior importância. Os trechos destacados servem como um guia para as revisões, preparando seus olhos e potencializando seu tempo de estudo.

3) Apenas destaque informações novas

Algumas vezes o estudante se depara com informações que já são familiares e mesmo assim destaca no texto. Talvez seja uma informação extremamente relevante, mas será que ela precisa ter a mesma relevância daquilo que é novidade para você? Destacar informações já conhecidas não é errado, no entanto, leia a próxima dica para entender o motivo.

4) Utilize diferentes cores para diferentes objetivos

Ter várias canetas marca textos de cores diferentes não é frescura. Em um mesmo texto muitas informações podem ser importantes, mas seguirem categorias e prioridades diferentes.

Usando o exemplo da dica anterior, você pode grifar em amarelo as informações importantes, mas que não precisam de muitas revisões e, com uma caneta verde, novos dados que precisarão ser aprofundados.

Diferentes cores ajudarão na sua organização e consequentemente nas suas revisões. Após uma leitura inicial para reconhecimento do conteúdo, pense em como você poderá criar seu próprio método de organização: prioridade de revisão, categorias diferentes de assuntos, etc.

Resumindo

A caneta marca textos é extremamente eficiente quando utilizada da maneira correta. Marque apenas trechos importantes para alcançar seus objetivos de estudo e organize as prioridades por meio de diferentes cores.

Procure colocar essas dicas em prática e veja como a organização trará muitos benefícios para você.

Clique aqui e conheça o curso Memorização e Leitura Dinâmica

Deixe uma resposta