Como lidar com a contrargumentação

Quando apresentamos uma ideia a um público, grupo de pessoas ou mesmo a um outro indivíduo, estamos sempre sujeitos à contrargumentação.

Não se desespere. O primeiro passo para lidar com ela é estar apto a recebê-la. E isto não significa ficarmos na espreita do momento em que nos irão atacar e então poderemos desferir nossos golpes mais vorazes…  Mas significa fundamentalmente saber absorver este impacto, ou seja, estar relaxado mental e fisicamente o suficiente para lidar com este processo que é totalmente natural e sempre irá ocorrer na vida do orador.

boxing_glove

Absorver a contrargumentação significa, adotar uma postura sem expressões de pavor ou agressividade.

Significa saber retomar o curso da conferência desde um ponto anterior, até chegar novamente ao ponto conflitivo, buscando resgatar a linha de ideias previamente traçadas. Há que saber respirar, relaxar e lentamente retomar a argumentação

Lembremos que ninguém saiu de casa ou de seus afazeres pessoais para simplesmente ouvir um orador que concorda com todas as pessoas… O que se espera é que o palestrante saiba defender seu ponto de vista em meio a possíveis contrargumentações.

Isso só é possível se o orador souber se portar diante de seu público, ou mesmo ante a uma conversa, mantendo sua postura, sem “perder as estribeiras”, como se diz popularmente, ou ainda: esteja cunvictus, ou seja, “com a vitória”.

Deixe uma resposta