Os 7 Pecados Capitais da Comunicação

curso_oratoria_em_florianopolis_comunicacao_pecados_capitais

Já sentiu como se ninguém escutasse enquanto você fala? Talvez você esteja cometendo um dos 7 pecados da comunicação humana. Continue lendo este texto e descubra o motivo.

“A voz humana. É um instrumento que todos nós tocamos. É o som mais poderoso do mundo, provavelmente”.

É assim que Julian Treasure, um especialista em sons, inicia sua apresentação no TED Talks. Sua palestra, entre outras coisas, inspira as pessoas a deixarem de lado os “7 pecados da comunicação humana”.

Confira a lista de coisas, que segundo Julian, devem ser evitadas nos seus próximos diálogos:

1) Fofocar

Se você fala mal de alguém, em seguida falarão mal de você. Evite fazer fofocas em qualquer ambiente, isso traz negatividade e ainda pode comprometer a sua postura profissional.

2) Julgar

É muito difícil conversar com alguém sabendo que está sendo julgado. O medo de não cumprir as suas expectativas pode ser assustador para o seu interlocutor. Exponha suas opiniões, não julgamentos.

3) Ser negativo

Não é preciso comentar muito esse pecado, não é? Ninguém gosta de escutar pessoas que encaram o mundo com um olhar pessimista. As pessoas tendem a escutar e seguir quem inspira vida e sucesso.

4) Reclamar

Esse pecado está intimamente ligado ao anterior. Reclamar torna-se um vício, principalmente quando as pessoas estão cercadas de negatividade. Procure diminuir suas reclamações. Isso pode até mesmo melhorar o seu humor e seu relacionamento com os outros.

5) Dar desculpas para tudo

Colocar a culpa dos próprios atos nos outros, com frequência, diminui o poder do seu discurso. Errou? Aceite e transforme seu discurso em uma lição aprendida. Isso cativa as pessoas.

6) Extravagancia

O exagero do seu discurso pode virar mentira ou pelo menos passar essa sensação. Tenha uma opinião equilibrada para transmitir mais confiança. Gostou de um livro? Comente os pontos positivos e não diga simplesmente que ele é “maravilhoso”.

7) Ser dogmático

Não confunda fatos com opiniões, do contrário seu discurso será vazio. Nem todas as suas opiniões são verdades absolutas, encare isso como um fato.

Julian também cita os 4 pilares para um discurso poderoso: honestidade, autenticidade, integridade e amor, aquele que diz para sermos gentis com as pessoas.

São boas dicas para colocar em prática no dia a dia e até mesmo em grandes apresentações para um discurso poderoso e cativante, não acha?

Fonte.

Deixe uma resposta